Angola: responsabilização civil e criminal dos abusos dos direitos universais do Homem e o direito humanitário

Angola Transparency

  • Sucessivos abusos de poder e direitos humanos vs sabotagem de bom clima de negócio

Washington D.C —Uma das melhores formas de responsabilizarmos os crimes selectivos e arbitrários perpetrados pela polícia nacional contra cidadãos indefesos — em pleno exercício de cidadania, plasmado na constituição — é a recolha e a partilha eficaz, metódica e persistente dos dados desta violação da lei, a nível nacional e internacional.

Cabe-nos o direito de questionarmos os nossos servidores públicos sobre os incumprimentos das suas promessas eleitorais, torná-los responsáveis e encorajá-los a respeitar os princípios fundamentais dos direitos universais do Homem e o direito humanitário contidos na constituição.

É imperativo que se compreenda a magnitude das crueldades infligidas à dignidade da pessoa humana — são ações criminais sujeitas a penalidades civis e criminais sérias, dentro ou fora do país.

O uso da mídia pública pelas autoridades governamentais como mecanismo de transmissão de violência verbal e psicológica…

View original post 222 more words

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: